26/04/10

PIANO

Oiço o som que sai de teu corpo celeste.
Um trinado delicado que toquei com meus dedos
qual adágio melancólico e sentido de uma sinfonia
de sentidos e sensações de prazer proibido de nos
possuirmos devagar mas efusivamente.Desta volúpia
escrevemos na pauta do nosso amor,suaves melodias de
êxtase e em ternuras marcamos o compasso da nossa paixão.
Fecho o piano do meu sonho e acordo com a harmonia da manhã.

2 comentários:

Alexandra Rolo (Pantapuff) disse...

parabéns por teres conseguido descrever de modo tão doce, algo tão mundano.
Tens aqui textos maravilhosos

M.M.Soriano disse...

Oiço...
O vento parou!
E o que s'ria s'lêncio,
é música da saudade...

Pianissimo by Jairamji on @Grooveshark: http://tinysong.com/rXn3

Marcelo Soriano
http://www.yohoy.blogspot.com

Enviar um comentário