07/03/10

AMOR

Passeio pela noite, distraída, cinzenta,
sinto uma brisa a percorrer o meu corpo,
os meus sentidos despertam,
as emoções saem do baú da saudade,
O amor surge sereno e forte.
És tu, meu Poeta da noite que entraste
em mim, sem avisar e ficaste em constância
na minha alma e na minha vida.
Aguardo-te todas as noites para me encantares com
tuas palavras, teu Mundo Inteiro, tua vida.
Em ti respiro minha vida e minha razão de viver,
Em ti me invento todas as tardes e noites que
vivemos e nos amamos veemente, numa loucura
onde nos perdemos de nós e nos encontramos
num Mundo Secreto, vivendo um secreto amor.
És o meu verso mais delicado , o meu poema perfeito.


(Poema dedicado a NM, Poeta que me acompanha no amor e na poesia.)

1 comentário:

MC disse...

Gostei muito de ler. Senti, ao ler, o amor apaixonado e o amor companheiro...
Parabéns pelo AMOR e gosto de vir aqui :-)
Um beijinho
@Madalena_C

Enviar um comentário